Orientação Vocacional

A nossa missão

Orientação Vocacional

Este espaço visa promover nos alunos um melhor e maior conhecimento relativamente às alternativas de formação escolar e profissional, bem como, o seu autoconhecimento, possibilitando um momento de reflexão sobre a formação de uma identidade profissional e o autoconhecimento.

Na orientação vocacional o aluno é estimulado para conhecer os seus interesses, capacidades, aptidões, valores, etc.

Tendo em  consideração que a Orientação Vocacional é um marco importante na vida dos alunos, pois contribui para a mudança e transformação no decorrer do processo de escolha, este SPO para além do processo de Orientação que é realizado junto de todos os alunos que assim o desejem, reúne um conjunto de informação com intuito de ajudar a clarificar o processo, bem como, a identificar alternativas profissionais adequadas para cada aluno, da forma mais realista e exequível possível.

Últimos Artigos

Orientação Vocacional

OV_12ano

Saídas após o 12º Ano…

Para ti que estás a finalizar o ensino secundário é chegado o tempo de conhecer melhor as alternativas que tens, agora, a seguir ao 12ºano. Este…
OV_SitesPesquisa

Sites importantes para consultares…

Deixamos aqui alguns sites importantes para ti que estás a investir numa decisãovocacional informada. Mesmo que já conheças algum não deixes de olhar novamente.Nesta questão…
ov_estatistica

Portal InfoCursos

O Portal InfoCursos (http://infocursos.pt) apresenta dados e estatísticas sobre os cursos de Técnico Superior Profissional (TeSP), de Licenciatura 1.º ciclo
Orientação Vocacional

Porquê investir num processo de Orientação Vocacional?

Atividades

O processo de Orientação Vocacional contempla diversos momentos e atividades

FAQ's

Questões frequentes

Todos os anos muitos jovens enfrentam a necessidade de tomar decisões, quer seja para a escolha da área do ensino secundário, quer do curso ou profissão a seguir depois. Estas decisões são difíceis, pois, para além de serem das primeiras na vida dos jovens, são encaradas como tendo grande impacto nos seus futuros e percursos pessoais e profissionais. Surge também, frequentemente, a ideia de que é preciso ter certezas para poder decidir, o que provoca muitas vezes sentimentos de dúvida, ansiedade e insegurança. Neste sentido, recorrer a um apoio especializado pode ajudar os jovens a construir um projeto de vida que favoreça a sua identidade pessoal e uma maior autonomia e segurança na tomada de decisão e na sua relação com o mundo do trabalho. Sendo esta uma tarefa tão complexa deve ser natural perceber-se que todo este trabalho não tem de ser feito sozinho.

Como foi referido acima, não é pouco comum ouvirmos as pessoas dizerem que precisam de certezas para tomar a decisão certa. Mas, na realidade, todos sabemos que não existem certezas ou fórmulas mágicas que nos ajudem a saber exatamente qual o caminho a seguir ou a prever aonde este nos levará.

O fundamental – em fases da vida em que é necessário fazer escolhas – é entender que o percurso que se lhes segue é dinâmico e ajustável e que, se for pensado e planeado, a probabilidade de corresponder aos nossos objetivos é muito maior. Para isso, é necessário, então, que se mobilizem os recursos internos e externos para que os jovens tenham a possibilidade de refletir sobre si próprios e sobre o mundo que os rodeia, correlacionando diferentes dimensões, como os seus interesses, competências, influências e valores, com as oportunidades de formação e/ou trabalho. Para saber como o fazer, a Orientação Vocacional pode ser uma excelente ajuda!

A internet é, muitas vezes, encarada como um meio privilegiado de acesso e difusão de informação e conhecimento. Se isto pode ser verdade, também o é o facto de trazer novos desafios na forma como podemos utilizar as tecnologias de modo ajustado, distinguindo a informação útil da acessória e promovendo a reflexão e sentido crítico.

A informação é tanta e tão dispersa, que acaba por ser difícil aos jovens, que se encontram indecisos, perceberem “o que” e “como” explorar para os ajudar a reduzir opções e a tomar decisões. Para além disso, normalmente está a faltar uma componente de reflexão e autoconhecimento que deve anteceder todo este processo, para que a pesquisa esteja relacionada com o seu perfil e se revele eficaz. Um processo de Orientação Vocacional pode, desta forma, apoiar as pesquisas, indicando sites, vídeos e material informativo útil e, também, formas de pesquisa mais indicadas, para que o jovem sinta que o seu investimento acabará por dar frutos.